Dicas e cuidados: Mega Hair

Sonho de beleza de nove entre dez mulheres brasileiras, o cabelo longo, quando bem cuidado e brilhante, atrai muitos olhares e desperta elogios. Liso, ondulado ou cacheado, o cabelo comprido está sempre na moda, como mostram Adriana Esteves, Isis Valverde e Viviane Araújo, para citar apenas algumas das famosas que sustentam fios longos.

Se você sonha com os fios longos, mas tem cabelos curtos ou médios, e não tem paciência de esperar as madeixas crescerem,  uma solução é o megahair. Ao passar dos anos, a técnica foi aperfeiçoada e o resultado final é cada vez mais real. Tela, queratina, pistola de laser ou tiras de silicone são alguns dos tipos existentes de alongamento de fios. A cabeleireira Viviane Siqueira, do salão carioca Pierre Louis e que cuida do visual de beldades como a nova milionária Viviane Araújo, conta que todo o procedimento deve ser levado em consideração ao escolher a técnica, desde o investimento financeiro, que varia entre R$ 1.000 até R$ 5.000, até o tempo de uso do megahair. “Eu prefiro a técnica da cola de queratina, pela naturalidade do resultado final, já que é aplicado fio a fio”, explica.

O alongamento pode ser feito a partir de três ou quatro dedos de cabelo natural já crescido e não existe uma regra para colocação, volume e textura, “tudo é decidido, conversado e escolhido pela cliente, desde cor, volume até o comprimento dos fios”, explica a profissional.

Para quem pretende alongar as madeixas, é importante ressaltar que o procedimento é demorado e o fio natural precisa estar saudável para aguentar todo o procedimento. Segundo Viviane Siqueira, o cabelo comprido é associado à feminilidade e à sensualidade da mulher, principalmente das brasileiras, que adotam o estilo ora inspirado numa personagem de novela, ora por própria vontade de se sentir mais atraente.

E para quem não quer fazer o mega hair, a solução é fácil e rápida com o uso das telas presas por presilha. Conhecidas como aplique ou extensão, elas são provisórias e usadas apenas para penteados e seu custo varia entre R$ 500 até R$ 3.500. A vantagem é que você tem a liberdade de colocar ou tirar quando quiser e pode testar se o cabelão combina com você.

Lembre-se de que, independentemente de você conquistar fios longos após horas no salão ou deixando os cabelos crescerem, esse comprimento demanda cuidados; veja a seguir as dicas de Rodrigo Cintra, cabeleireiro do salão Studio W Iguatemi e responsável pelas transformações das participantes do “Esquadrão da Moda” (SBT). 

Água neles!
O mito de que lavar os cabelos todos os dias estraga é mentira. A água faz bem para o cabelo e deve estar sempre morna, nunca fria nem muito quente. O couro cabeludo deve sempre estar limpo para que diversos problemas sejam evitados. A diferença está na escolha do produto que você usa diariamente. Quem lava os cabelos todos os dias tem que, obrigatoriamente, usar produtos de qualidade sempre.

Dormir com o cabelo molhado
É terminantemente proibido dormir com os fios molhados. A agressão ao fio é intensa e a quebra durante o sono é inevitável. Se você tiver mega hair então, é mais proibido ainda.

Exposição ao calor
Evite o calor artificial todos os dias. O uso de babyliss e chapinha deve ser sempre controlado para proteger os fios. Sempre que utilizar o secador aplique leave-in com proteção térmica.

Hidratação é a grande solução
Faça máscaras com alto poder de hidratação regularmente. Quanto mais comprido for seu cabelo, menos oleosidade natural chega até as pontas. Atualmente, o óleo de macadâmia é o queridinhos das mulheres por ter alto poder de hidratação. Substitua o reparador de pontas comum por ele.

Prendendo os cabelos
Não prenda os fios com elásticos comuns, canetas ou objetos que não são feitos para cabelos. Dê preferência aos grampos ou elásticos com proteção, que não quebram os fios e protegem os cabelos.

Manutenção do corte
Os fios crescem em média 1cm por mês e o corte deve ser mantido de 3 em 3 meses para que os fios fiquem saudáveis e protegidos de pontas duplas.

Fonte: Tatiana Izquierdo – UOL

Anúncios

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s